Entretenimento, Resenha

Série: Making a Murderer

Primeiro post de 2016, a ideia não era demorar TANTO tempo para escrever, mas sabe como é, vontade e inspiração não aparecem igual dívidas e contas para pagar! Hahaha

Desde que resolvemos nos mudar para outro apartamento, pensamos que não faria muito sentido continuar com TV e telefone fixo, mesmo porque aqui não tem o serviço que estávamos contratando (graças a deus!!). Então fez muito sentido simplesmente não ter TV aberta ou a cabo, confesso que nem assistia mais…

netflix-logo-5

Enfim, todo o mundo está cansado de saber que o Netflix tem MUITAS opções de séries e filmes, eu nem consigo contar quantas delas comecei a assistir ou porque alguém me indicou: “Ah, veja série X, tem no Netflix, é muito boa!” ou porque eu li comentários a respeito e resolvi dar uma chance (tolinha eu, como se fosse possível parar de ver…). Nessa brincadeira, foram VÁRIAS séries devoradas em menos de uma semana!!! Perdi a vida mesmo!! Hahaha

Fora aquele sentimento DESESPERADOR: o que assistir depois que você devora termina uma série (sempre tem outra para ver!!)? Foi aí que uma série/documentário me chamou a atenção, eu comecei a ler cada vez mais pessoas comentando sobre ela e falando que era muito boa: Making a Murderer.

MV5BNTc4NjI4NjYyNl5BMl5BanBnXkFtZTgwNzk1NTczNzE@._V1__SX1874_SY917_

Diferente do que já estou acostumada a assistir, esse é um documentário, segue a sinopse: “O documentário conta a história de Steven Avery. Após ter passado 18 anos preso por um crime que não cometeu, ele consegue a liberdade devido a um exame de DNA que prova sua inocência. A história vira notícia e, quando está prestes a ganhar uma gigantesca indenização pelo Estado, Avery se torna o principal suspeito do assassinato da fotógrafa e jornalista Teresa Halbach. Em dez episódios, a série acompanha a investigação, o julgamento e todas as contradições que giram em torno do caso.”

Vou tentar não dar nenhum spoiler obviamente, mesmo porque ainda não vi o último episódio (não que eu ache que vá ter algo muito revelador, já que é o encerramento de tudo), mas provavelmente você vai achar o começo bem confuso, isso eu digo os primeiros 15 minutos do primeiro episódio. Depois disso, fica cada vez mais interessante e revoltante!

Eu não sei qual era o objetivo dos produtores em criar esse documentário, tão pouco se tudo que se passou e foi mostrado ali é verdade, mas uma coisa é certa: fiquei chocada! Injustiça é uma coisa muito comum aqui no Brasil, e sempre mencionamos países como Estados Unidos no que podemos chamar de exemplo de primeiro mundo, mas é assustador saber que em um lugar onde existe prisão perpétua e pena de morte, possa existir um caso como esse!

Não vou mais dar nenhum detalhe sobre a série, só digo que é MUITO boa, vale muito a pena assistir! A cada episódio você vai começar a pensar junto com a defesa e o juri, se tudo aquilo realmente é verdade, prepare-se para ficar MUITO indignado! Deve ser bem divertido para quem é da área de direito assistir essa série,

Enfim, como disse, vale muito a pena! Terminarei o último episódio hoje, vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos da vida real. E que venha o próximo vício a próxima série!

4 Comentários